Blog

Newsletter

Receba informações no seu e-mail.

Redes Sociais

Prevenir também é coisa de homem!

Prevenir também é coisa de homem!

Você sabia que o câncer de próstata mata um homem a cada 40 minutos no Brasil?

A falta de informação, conhecimento e o preconceito fazem com que cada vez mais esta doença silenciosa cresça no mundo. Só no Brasil, o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens e a previsão para 2016 chega a quase 62 mil novos casos, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

block_1

A campanha do Novembro Azul visa conscientizar a população, de um modo geral, sobre a saúde integral do homem, enfatizando a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata, que mata hoje mais de 13 mil homens por ano.

 

block_3

Prevenção

Atualmente, o aumento nas taxas de incidência pode estar parcialmente vinculado à evolução dos métodos de diagnósticos e também pela desmistificação sobre os tipos de exame, pois antigamente o único método conhecido pela população masculina era o exame de toque retal (insubstituível para confirmação da doença).

Um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) mostra que 51% dos homens nunca consultaram um profissional da área, o que negligencia uma das doenças mais comuns entre o gênero.

Diagnosticar a doença em fase inicial possibilita que o tratamento tenha êxito em 9 entre 10 casos. Hoje, um simples exame de sangue, conhecido como PSA – Antígeno Prostático Específico – pode ser o primeiro passo para diagnosticar a doença, sem ser tão invasivo para o homem, além da ultrassonografia para os casos suspeitos.

Sintomas

Vale ressaltar que o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas na fase inicial. É silencioso e quando apresenta algum sinal, pode ser tarde demais. Sangramento e dor normalmente aparecem quando o tumor já está em fase avançada. Por isso, procure um urologista e faça os exames preventivos. Lembre-se, prevenção também é coisa de homem!

Fontes:

Portal da Urologia – http://portaldaurologia.org.br

Instituto Nacional de Câncer (Inca) – http://www.inca.gov.br/outubro-rosa/

IG Saúde – http://saude.ig.com.br/