Blog

Newsletter

Receba informações no seu e-mail.

Redes Sociais

Aedes: o vilão do verão está mais forte

Aedes: o vilão do verão está mais forte

O verão já chegou, e com ele, seu maior vilão: o mosquito Aedes Aegypti veio para ficar e já chegou com novidades alarmantes. De acordo com estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), somente na cidade do Rio de Janeiro, metade da população poderá contrair a Febre Chikungunya, uma das doenças transmitidas pelo Aedes.

Para completar, além das 3 doenças já conhecidas transmitidas pelo mosquito, recentemente foi descoberta mais uma que também tem como vetor o Aedes: a Febre do Mayaro. O vírus não é novo, pois foi descoberto em 1954, mas só era encontrado nas regiões silvestres ao redor da Amazônia. O problema é que ele se adaptou e agora vive em mosquitos urbanos, que ocupam todo o território nacional. A Febre do Mayaro tem sintomas muito parecidos com a chikungunya, fato que confunde e dificulta o diagnóstico.

Portanto, a prevenção ainda é a melhor arma contra o mosquito e suas doenças. Não deixar a água parada e usar repelente diariamente são medidas eficazes contra o grande vilão da estação. Lembre-se que os repelentes indicados pela Organização Mundial de Saúde são a Icaridina, o DEET e o IR 3535.

Fique atento à tabela de sintomas abaixo e conheça as diferenças entre as 4 doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti:

comparativo-generico-zica-x-dengue-x-chikungunya-x-mayaro_01

Fontes:

Secretaria de Estado de Saúde – http://www.rj.gov.br/web/ses
Fiocruz – https://portal.fiocruz.br/pt-br
Portal G1 – http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/chikungunya-pode-atingir-metade-da-populacao-do-rio-no-verao-diz-secretario.ghtml
Bem Estar – http://g1.globo.com/bemestar/blog/doutora-ana-responde/post/mayaro-mais-um-virus-transmitido-pelo-aedes-aegypti-que-pode-se-espalhar.html