Grupo Case vence Prêmio Melhores do Seguro 2018 em Gestão de Saúde Integrada

O Grupo Case aposta em um modelo exponencial e escalável de Gestão de Saúde Integrada e coordenação do cuidado para promover a melhoria da saúde das pessoas e gerir custos de forma assertiva em seus clientes. Em reconhecimento a esse modelo, no dia 23 de agosto o Grupo foi contemplado na categoria “Gestão de Saúde Integrada” no Prêmio Melhores do Seguro 2018, promovido pela revista Apólice.

Em sua 9ª edição, a premiação reconheceu aqueles que desenvolveram soluções capazes de gerar resultados tanto para a sua corretora de seguros quanto para o mercado. Para Rafael Motta, CEO do Grupo Case “O prêmio reforça o pioneirismo do grupo nos últimos anos, não só resgatando o conceito da atenção primária, como potencializando-o através da inteligência artificial, big data e controle de sinistralidade”.

Por meio do machine learning, auditoria robótica, análises preditivas e gerenciamento de casos médicos foi possível chegar em um diagnóstico completo e um plano de ações estruturado para um cliente do segmento de tecnologia, que apresentava uso excessivo de pronto-socorro, alta frequência de internação e falta de integração de dados de saúde.

O projeto de Gestão de Saúde Integrada previu a estruturação e implementação de algumas ações prioritárias, bem como a adequação da rede de atendimento e a implantação de novas políticas atreladas ao benefício saúde, como forma de gerar sustentabilidade econômica, efetiva melhoria da qualidade de vida para os beneficiários (titulares e dependentes) e economicidade real, de curto e médio prazos.

Em convergência com essas ações, foi implantada uma célula 24h para coordenação do cuidado, batizada de Dr. Case, em parceria com a Advance Medical, empresa multinacional líder em serviços médicos inovadores. O Dr. Case oferece orientação médica telefônica, direcionamento para rede pactuada, 2º opinião médica e programas de gestantes, nutrição e exercício físico. Todos os dados gerados pelo canal são registrados em prontuário eletrônico e cruzados com as informações dos ambulatórios da empresa e bases de utilização das operadoras.

Depois de dez meses de sua implantação, o Programa já apresenta resultados positivos, com forte crescimento, na medida em que as ações de engajamento e mudança de comportamento, que também compõem a estratégia-macro projetada sequenciam-se. Com a gestão do Grupo Case, a sinistralidade desse cliente partiu de 105% para 75%, gerando economicidade de cerca de R$ 1,5 milhão/ano e as frequências de internação e utilização de pronto-socorro apontam decréscimo de 55%.