Blog

Newsletter

Receba informações no seu e-mail.

Redes Sociais

Levando gato por lebre

Levando gato por lebre

O que os olhos não veem o coração não sente, correto? E a sua saúde? Talvez ela sinta, caso você não seja cuidadoso na hora de comprar alguns itens. Temos que prestar muita atenção nos alimentos que consumimos e que fazem parte do nosso dia a dia. Muitas vezes, achamos que estamos levando o que está escrito na embalagem, mas, na realidade, estamos levando algo totalmente diferente. Embora recebam o nome de um produto, podemos ver que alguns alimentos possuem pouco ou nada daquele ingrediente em sua composição. Por isso, muita atenção ao rótulo e aos detalhes contidos na embalagem!

Parece, mas não é 

Aqui no Brasil, temos alguns exemplos muito próximos de cada um de nós. Algumas marcas de cereja em conserva, geralmente as de menor valor de venda, são feitas de chuchu embebido em groselha. Outro exemplo é o marrom glacê, muito utilizado em bolos, que tem a batata doce como principal ingrediente. Nem o famoso salmão escapa da estratégia da simulação de sabores! Muitos estabelecimentos utilizam a truta salmonada no lugar do salmão, devido aos altos custos de importação desse raro peixe. Apesar dessa truta possuir os mesmos nutrientes do salmão, ela é criada em cativeiro, tem bastante gordura saturada e, lá, é alimentada com rações e corantes sintéticos que imitam a pigmentação alaranjada do salmão. Esse corante, se consumido em grande quantidade, pode ser tóxico e prejudicial à saúde.

Além desses, há exemplos perigosos para a nossa saúde. Representam uma verdadeira cilada para os desatentos! Confira alguns deles:

Nem tão chocolate assim!

A regra é clara e a legislação brasileira, quanto a isso, também. Para ser classificado como chocolate, um produto precisa ter pelo menos 25% de cacau. Porém, após algumas pesquisas realizadas pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), 1 em cada 3 chocolates no Brasil não concentra essa quantidade de cacau. Muitos deles trazem em sua composição mais gordura saturada e açúcar – substâncias nocivas à saúde, se consumidas em excesso –, sobrando apenas 16% de cacau.

Mas se engana quem pensa que somente o chocolate tem segredos ocultos em sua composição.

grafico1

Suco, néctar ou refresco – o importante é ser saudável!

Trocar o refrigerante por suco é um hábito que muitas pessoas seguem achando que estão melhorando sua rotina alimentar, mas nem todos os sucos são assim tão saudáveis. Muitas vitaminas presentes nas frutas são perdidas durante o processo de industrialização. Tanto os sucos de caixinha (néctar) como os em pó, vendidos em pacotes, causam dúvidas entre os consumidores. Para entender melhor, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) determina a diferença entre eles:

grafico2

Alguns refrescos em pó apresentam apenas 1% de polpa da fruta desidratada em sua composição, sendo os outros 99% compostos por água, açúcar, corantes e conservantes. Ou seja, nada saudável!

Até o pão?

A embalagem pode até dizer que o pão é integral, mas é comum o produto conter mais farinha branca do que a integral. Além disso, é fácil encontrar discrepâncias entre análises de quantidade de fibras indicadas no rótulo dos produtos de várias marcas e as verificadas em laboratório. A ANVISA estabelece que o pão integral é aquele preparado com farinha de trigo, farinha de trigo integral, fibra de trigo ou farelo de trigo, mas não exige um mínimo de quantidade de fibras ou de farinha de trigo integral para classificar o pão como sendo desse tipo.

#FICAADICA

Uma dica simples e rápida é observar o rótulo. Verifique se o primeiro ingrediente listado é a farinha integral e se a quantidade de fibra por porção está compreendida entre 3 e 4 gramas.

#VOCÊSABIA?

Confira dicas de como ler melhor o rótulo dos alimentos:

grafico3

Fonte:

Veja – http://goo.gl/f5ylFe

Galileu – http://goo.gl/5Kxhn

O Globo – http://goo.gl/ueX5lX

Globo Esporte – http://goo.gl/sEfcc

Minha Vida – http://goo.gl/SP2XTc

Uai – http://goo.gl/F3aQWf

iG Saúde – http://goo.gl/Rmt1t3

iG Saúde – http://goo.gl/IBAA16

Idec – http://goo.gl/ndP0Rc

ANVISA – http://goo.gl/9G5D3

Jornal Nacional – http://goo.gl/Vi8DQC

Uol Economia – http://goo.gl/wRpa3